Blog Widget by LinkWithin

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Encontrada mais uma vítima na Enseada do Bananal


Mais um corpo foi encontrado em Angra dos Reis, subindo para 53 o número de vítimas. No fim da tarde de ontem (13), os bombeiros encontraram mais um corpo na Enseada do Bananal. Há suspeita de que seja o corpo da cozinheira Roseli Pedroso, de 34 anos. Também está sendo aguardado o resultado de um exame de DNA, se o corpo não identificado no IML de Angra é ou não o da menina Alessandra de Carvalho, de 11 anos.

Nesta terça-feira última, ventos de 88 km por hora e uma forte chuva caiu durante 50 minutos, acompanhada de granizo. Dezenas de árvores tiveram galhos partidos e outras foram arrancadas no Morro da Carioca, Morro do Abel, Retiro, Praça Lopes Trovão, Morro do Santo Antônio, Estrada do Contorno e Banqueta. Uma pedra rolou no Morro do Santo Antônio, mas não atingiu pessoas nem casas. A Defesa Civil está trabalhando para retirar as árvores. Até a manhã de quarta-feira, dia 13, foram registrados 52 cortes de árvores. Ontem (13/1), chuvas e ventos deixaram a Grande Japuíba e o Parque das Palmeiras sem luz .

Ainda devido às fortes chuvas e ventos no final da tarde de terça-feira  o posto de arrecadação de donativos aos desabrigados de Angra dos Reis, foi fechado, com  retorno de suas atividades  previsto para dia 15/1.
 

Decreto polêmico
A Procuradoria Geral da República entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o decreto que altera a área de proteção ambiental, APA Tamoios, em Angra. É a que define a preservação da região e o uso do solo. A Procuradoria diz que é o decreto é inconstitucional. Essa área de proteção ambiental é formada por 57 ilhas de Angra, entre elas a Ilha Grande. O decreto permite a ampliação das construções já existentes e, para a procuradoria, ele estimula a ocupação desordenada e a especulação imobiliária. Fontes:Globonews e PMAR

0 comentários:

Blogblogs

Redes Sociais

Pesquisar no blog

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP