Blog Widget by LinkWithin

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

FITA 2009 - Festival Internacional de Teatro de Angra - 6ª Edição


 De 30 de outubro a 22 de novembro, Angra dos Reis, recebe grande nomes do teatro nacional e internacional na FITA 2009. O projeto, que nasceu em Angra dos Reis, está em sua sexta edição, com sucesso absoluto de público e crítica, sendo o maior evento teatral do país.

Essa edição estará trazendo 62 excelentes espetáculos do circuito Rio-São Paulo, dentre eles, sete estreias aguardadas pela crítica, como a peça ‘Como me tornei estúpido‘, com Gonçalo Diniz, que teve sua estreia apenas em Portugal e chega aos palcos de Angra.  Outras estréias que se destacam são “Usufruto”, com Lúcia Veríssimo, “A marca do Zorro”, com Priscila Fantin, Thierry Figueira e Tadeu Mello, “Cochambranças de Quaderna”, com Inez Vianna, “Garotos”, com Rafael Almeida, Marco Antônio Gimenez, Ivan Mendes, Caio Bucker e Ícaro Silva, “Shirley Valentine”, com Betty Faria e “Dois pra lá, dois pra cá” com Rita Elmôr e Thelmo Fernandes (as duas últimas inéditas no Rio de Janeiro).

 As tendas que receberão os espetáculos são espaços confortáveis como a tenda principal - Teatro Sesc - para 1.500 espectadores, onde vão acontecer as peças de grande sucesso, e o palco – Teatro Transpetro-com capacidade para 500 pessoas, montado para espetáculos mais intimistas, peças infantis e o Teatro de Bonecos – sucesso total no ano passado. Será distribuído à  rede municipal 11 mil ingressos para as crianças assistirem aos espetáculos de teatro. Foram selecionados vários espetáculos infantis entre o que há de melhor em cartaz, visando criar o hábito cultural na criança também, segundo os idealizadores do projeto.

A Fita também tem como intuito projetar espetáculos de grupos de Angra, abrindo espaço para os espetáculos “Será que eu dou pra isso” e o “Piolho, a Caolha, a Morte e as 4 Irmãs que não deveriam falar”. Todas as peças a preços populares, para todos os gostos e em imensos espaços, possibilitando que um grande número de pessoas possa participar de toda a festa . A Prefeitura de Angra apoiam integralmente o evento e são grandes parceiras da Fita, porque sabem a importância do evento para a cidade.

Michael Jackson na FITA 2009
O Som da Motown”, de Renato Vieira e Cláudio Figueira, que tem como ponto de partida os 50 anos da gravadora Motown , também será montado na mostra. Um bloco inteiro da encenação é dedicado ao grupo The Jackson Five tendo como destaque um dueto virtual entre Michael Jackson e a atriz Simone Centurione: num telão, imagens do astro aos 13 anos, participando de um programa na TV americana, mostram Michael cantando “Ben”. Em cena, Simone divide os vocais com o astro.

Confira a programação do evento:

30 e 31 de outubro – sexta-feira e sábado - 20h /
Ensina-me a viver - Texto: Colin Higgins. Tradução: Millôr Fernandes. Direção: João Falcão. Elenco: Glória Menezes, Arlindo Lopes e grande elenco. Classificação Etária: 12 anos - Glória Menezes comemora 50 anos de carreira vivendo Maude, uma senhora de 80 anos apaixonada pela vida. Ensina-me a Viver é uma das mais inusitadas e emocionantes histórias de amor do século XX. É a adaptação teatral do filme “Harold and Maude”, estrondoso sucesso de público e crítica. O espetáculo emocionou mais de 150 mil pessoas em São Paulo e Rio de Janeiro, em mais de 250 apresentações.

01 de novembro – domingo – 20h
Clandestinos - Texto e direção: João Falcão. Elenco: Adelaide de Castro, Alejandro Claveaux, Bruno Ferraz, Chandelly Braz, Deborah Wood, Eduardo Landim, Emiliano D´Avila, Fábio Enriquez, Giselle Batista, Hugo Leão, Luana Martau, Michelle Batista, Pedro Gracindo e Renata Guida. Classificação Etária: 12 anos - Os “clandestinos” são os quase famosos que, enquanto o sucesso não chega, fazem bico, figuração, teste para comercial, ensaiam uma peça, trabalham numa loja, fazem um curso de interpretação, acreditam no futuro, cantam, dançam, vão à balada, pagam mico, penduram o aluguel, se apaixonam, se confundem, sentem saudades, se metem em ciladas, ou seja, são jovens.

01 de novembro – domingo – 23h
Hã?! - Concepção e atuação: Diogo Portugal. Classificação etária: 14 anos - Sozinho no palco e munido apenas com um microfone, Diogo Portugal faz a plateia rir com esquetes sempre renovados. Com formato de stand up comedy, o espetáculo traz sátiras e observações divertidas de fatos que acontecem todos os dias.

2 de novembro – segunda-feira – 20h
D Graça... Mas tem que pagar  - Texto, Direção e Atuação: Katiuscia Canoro e Fabiula Nascimento. Classificação etária: 14 anos - Estrelada por Katiuscia Canoro, que interpreta a personagem Lady Kate no programa “Zorra Total”, e Fabiula Nascimento, de “Força Tarefa”, a comédia D Graça... Mas Tem Que Pagar traz esquetes de humor que abordam situações cotidianas, como os problemas domésticos e a falta de sorte.

3 de novembro – terça-feira – 20h

O Som da Motown - Roteiro e direção: Cláudio Figueira e Renato Vieira. Elenco: Simone Centurione, Thalita Pertuzatti, Ellen Wilson, Alcione Marques, Débora Pinheiro e músicos. Classificação Etária: 12 anos - Quem é fã  de Michael Jackson, Stevie Wonder e Lionel Ritchie, vai se deliciar com o musical “O Som da Motowon”. Um espetáculo recheado de belas e inesquecíveis canções. A peça põe em cena 50 das mais célebres canções eternizadas por astros e estrelas que foram ‘revelados’ pela gravadora Motown.

4 de novembro –quarta-feira – 20h
O Santo e a Porca  - Texto: Ariano Suassuna. Direção: João Fonseca. Elenco: Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Armando Babaioff, Mouhamed Harfouch, Nilvan Santos, Marcio Ricciardi, Nedira Campos, Janaína Prado e Juliana Nusciutti  Classificação Etária: 12 anos - Montada pela primeira vez há 50 anos pela imortal Cacilda Becker, a deliciosa comédia de Ariano Suassuna está de volta à cena. O Santo e a Porca aborda o tema da avareza, sendo o "santo" do título, Santo Antonio, e a "porca" um cofrinho, símbolo do acúmulo de dinheiro e tão protetor quanto o santo.

5 e 6 de novembro – quinta-feira e sexta-feira – 20h
Conchambranças de Quaderna – estreia nacional - Texto: Ariano Suassuna. Direção: Inez Vianna. Com: Kelzy Ecard, Débora Lamm, Viviane Camara, Ricardo Souzedo, Lourival Prudêncio, Iano Salomão, Diogo Camargos, Zé Wendell e Junior Dantas. Classificação Etária: 16 anos - Após o sucesso na FITA 2008, com a peça “A mulher que escreveu a Bíblia”, a atriz e diretora Inez Viana foi convidada a montar um espetáculo especialmente para o Festival. Mediante sua amizade de longa data com Ariano Suassuna, ela foi contemplada com o texto inédito do autor. São duas peças numa só, ligadas por um mesmo narrador - no caso, Quaderna, personagem principal do romance da “Pedra do Reino”. Para rir como na história do mesmo autor de “O Auto da Compadecida”. Só que, agora, o personagem principal, Quaderna, disfarça-se de diabo. Aliás, Conchambranças que dizer... vocês vão ver na peça.

07 de novembro – quinta-feira – 20h
Meu Caro Amigo  -Texto: Felipe Barenco. Direção: Joana Lebreiro. Com Kelzy Ecard. Classificação Etária: 12 anos - Inspirado na obra de Chico Buarque de Hollanda, o musical Meu Caro Amigo conta a história de Norma, uma mulher de 50 anos que é fã ardorosa de Chico Buarque e professora de História do Brasil. Ela viveu a segunda metade do século 20 de forma intensa e apaixonada. Embalada e inspirada pelas canções de Chico, Norma compartilha suas memórias com o público, navegando entre a sua história pessoal e a história recente do país.


08 de novembro – domingo – 20h
A Forma das Coisas - Texto: Neil Labute. Tradução: Marcos Ribas de Faria. Direção e Adaptação: Guilherme Leme - Elenco: André Cursino, Carol Portes, Karla Dalvi e Pedro Osório. Classificação Etária: 14 anos - Evelyn é uma bela e arrojada estudante de Artes, prestes a concluir seu mestrado. Adam, um sujeito tímido e introspectivo, que trabalha como guarda do Museu da Universidade. Os dois se envolvem e Adam, pouco a pouco, começa a transformar seu jeito de ser, física e moralmente, moldando-se aos gostos dela. Quando chega o dia da defesa da tese de mestrado de Evelyn, uma revelação surpreendente muda os rumos da vida de Adam.

9 de novembro – segunda-feira – 20h
Quatro Carreirinhas - Texto: Flávio Marinho Direção: Wolf Maya. Elenco: Cláudio Lins, Renato Rabelo, Cláudio Galvan, Carlos Leça e Fênix. Classificação Etária: 14 anos - O diretor Wolf Maia arrebata o público com um repertório que vai da Jovem Guarda ao Rock n’ Roll.  No palco, um grupo vocal é posto à prova e precisa cantar as músicas marcantes de suas vidas durante uma hora para garantir o seu lugarzinho no paraíso. O repertório passa dos Golden Boys à Jovem Guarda, de musicais até música política, de Dalva de Oliveira ao Rock n´ Rio, com direito a homenagem ao Queen. Entre as canções estão Filme Triste, Dream a Little Dream of Me, Cálice, Crazy About You, Cry e We are the Champions.

10 de novembro –terça-feira – 20h

Um navio no espaço ou Ana Cristina César - Texto: Maria Helena Kühner Dramaturgia: Walter Daguerre. Direção: Paulo José. Elenco: Ana Kutner e Paulo José. Classificação etária: 12 anos - O consagrado ator Paulo José leva para FITA um espetáculo onde divide o palco com a filha Ana Kutner.  O espetáculo fala de vida e obra da escritora Ana Cristina César, morta em 1983. Um fenômeno mor ou um lapso sutil? Que espécie de força a impeliu a ditar seus primeiros poemas aos quatro anos de idade e a lançar-se no abismo aos 31? Um espetáculo arrebatador com um dos maiores atores brasileiros.

11 de novembro – quarta-feira – 20h
As Eruditas - Texto: Molière. Tradução e adaptação: Millôr Fernandes. Direção: José Henrique. Elenco: Jacqueline Laurence, Gláucia Rodrigues, Jacqueline Brandão, Márcio Ricciardi, Helena Labri, Vitória Furtado, Marcelo Sant´Anna, Roberto Padula, e a participação especial de Henrique César e  Roberto Lopes. Classificação etária: 10 anos - O texto aborda as nuances humanas como a crueldade, a hipocrisia, o preconceito e outros defeitos da sociedade. A peça conta a história de Henriqueta e Armanda, duas filhas de Filomena e Crisaldo, um fidalgo da alta sociedade parisiense. Filomena deslumbra-se com o mundo das letras e da filosofia a ponto de querer casar Henriqueta com Tremembó, um oportunista que visa a conseguir, através de seus versos, a mão e o dote de uma das moças.

12 de novembro – quinta-feira – 20h
Garotos – Estreia Nacional - Texto: Leandro Goulart. Direção: Afra Gomes e Leandro Goulart. Elenco: Rafael Almeida, Ícaro Silva, Eduardo Pelizzari, Caio Bucker e Ivan Mendes. Classificação etária: 12 anos - Um elenco jovem e conhecido do grande público discute os dramas de quem passa pela adolescência. Quem nunca passou por um momento da vida onde tudo parecia estar contra você? E aquela vez que você quis voltar a ser criança, com todas aquelas facilidades, e ao mesmo tempo ter a responsabilidade de um adulto? Pois é, essa é a adolescência. Um espetáculo sobre inseguranças, paranóias e espinhas na cara.

13 de novembro – sexta-feira – 20h
A Inveja dos Anjos - Dramaturgia: Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes. Direção: Paulo de Moraes. Elenco: Marcelo Guerra, Patrícia Selonk, Ricardo Martins, Simone Mazzer, Simone Vianna, Thales Coutinho e Verônica Rocha. Classificação Etária: 12 anos - A peça é  mais um ótimo trabalho da Armazém Companhia de Teatro. A história gira em torno do encontro de três amigos que discutem suas memórias. Os afetos familiares são apresentados de maneira não-convencional. Contradições, desesperos, perseveranças, humores e inclusive algumas epifanias pontuam cada um dos núcleos que também possuem células.

14 de novembro – sábado – 20h
Shirley Valentine - Estreia no Rio -Texto: Willy Russel. Direção: Guilherme Leme. Elenco: Betty Faria. Classificação etária: 12 anos - Betty Faria volta aos palcos na pele de Shirley Valentine. Uma dona de casa comum que vive com um imenso vazio e solidão. Com os filhos criados, vivendo fora de casa, e um marido que faz pouco mais do que percebê-la, Shirley conversa com as paredes para não cair em desespero.  Sua vida começa a mudar quando uma amiga a convida para uma viagem à Grécia.

15 de novembro – domingo – 20h
O homem inesperado - Texto: Yasmina Reza. Direção: Emílio de Mello. Supervisão: Daniel Filho. Elenco: Nicette Bruno e Paulo Goulart. Classificação etária: 14 anos - Nicette Bruno e Paulo Goulart dão um show de emoção. Em cena, os dois se encontram em um vagão de trem, onde a história se desenrola. Ele é um escritor famoso. Ela, uma profunda conhecedora de suas obras. Marta tem dele uma imagem que talvez não corresponda à realidade. Já Paul não conhece a leitora à sua frente. Ela faz uma reflexão sobre a vida dele, sem se esquecer das questões que povoam a sua própria vida. A aproximação entre os dois só existe na visão de Marta. Fantasias vêm à tona.

16 de novembro – segunda-feira – 20h
Estranho Casal - Texto: Neil Simon. Tradução: Gilberto Braga. Direção: Celso Nunes. Elenco: Carmo Dalla Vechia, Edson Fieschi e grande elenco. Classificação Etária: 12 anos - O ator Carmo Dalla Vechia encarna um jornalista na peça traduzida pelo novelista Gilberto Braga. Na peça, ele é expulso de casa por sua esposa e passa a viver com um amigo recém-separado. O que poderia ser uma solução perfeita, vira uma relação insuportável. As extremas diferenças em suas personalidades os levam a enfrentar vários conflitos, que motivam muitas risadas no público.

17 de novembro – terça-feira – 20h
Play - Sobre Sexo Mentiras e Videotape Dramaturgia: Rodrigo Nogueira. Direção: Ivan Sugahara. Elenco: Michel Blois, Rodrigo Nogueira, Daniela Galli e Maria Maya. Classificação Etária: 14 anos - No palco, quatro personagens revelam seus dilemas e conflitos. São mentirosos e infiéis a si próprios e aos outros. Depois de anos fora da cidade, o artista Jonas reencontra João, um amigo de faculdade que trai a mulher, Ana, com a cunhada, Cíntia. A relação entre as irmãs é marcada por mentiras e comportamentos conflitantes. Ana não tem interesse em sexo, enquanto Cíntia valoriza a sua sexualidade e gosta de provocar a irmã, o cunhado e o artista recém-chegado.

18 de novembro – quarta-feira – 20h
A História de Nós 2 - Texto: Licia Manzo. Direção: Ernesto Piccolo. Elenco: Alexandra Richter e Marcelo Valle. Classificação Etária: 12 anos. Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de ser eternamente livre. Lena, uma mulher dividida entre carreira, maternidade e paixão. A trama começa na noite em que Edu, separado de Lena há algum tempo, vai ao apartamento buscar seus últimos pertences. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas cômico e emocionante, no qual eles tentam descobrir de quem afinal foi a culpa da separação: da mulher, da mãe, da advogada bem sucedida, do marido, do adolescente eterno ou do publicitário workaholic. Por meio de humorados e reflexivos flashbacks, seis personagens ocupam a cena para contar A História de Nós 2.

19 de novembro – quinta-feira – 20h
Confissões de Adolescente - Texto: Maria Mariana Adaptação: Matheus Souza e Clarisse Falcão. Direção: Matheus Souza. Elenco: Clarice Falcão, Isabella Camero, Louise D`Tuani e Sophie Charlotte. Classificação Etária: 12 anos - Os dramas vividos por quatro adolescentes e que virou febre nos anos 90 está de volta. “Confissões de Adolescentes” volta aos palcos com elenco renovado e com dramas vividos pela nova geração. Agora a peça re-estréia com novo elenco e novos dramas vividos pela juventude. Se antes os temas em evidência eram as drogas, o aborto e a virgindade, o que a geração atual considera polêmico? Esta geração tem segredos? O que os desafia? O que os escandaliza? São estas as perguntas que a nova montagem do espetáculo procura responder.

20 de novembro – sexta-feira – 20h
Usufruto – estreia nacional - Texto: Lúcia Veríssimo. Direção: José Possi Neto. Elenco: Lúcia Veríssimo e Raphael Viana Classificação Etária: 14 anos - Angra dos Reis será  a primeira cidade a receber o espetáculo. No palco, a relação de uma mulher de quase 50 anos com um homem de trinta e poucos anos que se encontram num apartamento vazio de frente para o mar. Dois desconhecidos com um único objetivo, onde o vale tudo é pouco para alcançar seus desejos. 

21 de novembro – sábado – 20h
Deznecessários - Direção: Paulinho Serra. Texto e Atuação: Paulinho Serra, Miá Mello, Maíra Charken, Eduardo Sterblitch, Marcelo Marrom e Rodrigo Capella. Classificação Etária: 18 anos - Sucesso absoluto no YOUTUBE com quadros como o “Traficante Gay” e o “Silvio Santos Anônimos”, os deznecessários apresentam um show divertido, irreverente e moderno que une diferentes estilos de fazer rir. As cenas são protagonizadas por um músico e cinco atores. As apresentações humorísticas são baseadas em fatos da ficção e do dia-a-dia, e os personagens são criados pelos próprios atores que os interpretam. Dessa maneira, o público se depara com uma forma diferenciada de fazer humor através de redublagens, monólogos, números musicais entre outros.

22 de novembro – domingo – 20h
A Marca do Zorro – estreia nacional Texto: Johnston McCulley Direção: Pedro Vasconcelos. Elenco: Priscila Fantin, Thierry Figueira, Tadeu Mello e grande elenco. Classificação etária: 12 anos.  Angra será palco para a pré-estreia de “A Marca do Zorro”. Cercada de cuidados, a produção promete ser uma das principais montagens do teatro brasileiro para 2010. A clássica história do homem misterioso e mascarado que enfrenta um exército de bandidos deixando sempre a sua famosa marca. Um espetáculo de aventura, ação e romance.

Programação Palco TRANSPETRO

31 de outubro – sábado – 21h45
Última Gravação de Krapp e Ato Sem Palavras 1
Texto: Samuel Beckett. Tradução: Ângela Leite Lopes Direção: Isabel Cavalcanti. Elenco: Sergio Britto. Classificação etária: 16 anos - Vencedor dos quatro mais importantes prêmios nacionais, entre eles o Prêmio Shell, o espetáculo se divide em dois textos de Beckett. No primeiro, um velho escritor revisita sua vida a cada novo aniversário. Usando de uma invenção tecnológica da época, o gravador de rolo, Krapp ouve os acontecimentos do último ano e edita os que deseja guardar na memória. Já em Ato Sem Palavras 1, um homem está no deserto e tem que buscar maneiras de sobreviver. A idade de Britto (85 anos) garante ao personagem, de maneira proposital, impotência, enfraquecimento físico e profundidade.

01 de novembro – domingo – 21h45
Queda - Texto e Atuação: Guilherme Siman. Direção: Fabiano de Freitas. Classificação etária: 18 anos -  Inspirado em um fato real, que recentemente dominou todos os espaços da opinião pública. “Jogaram uma menina do alto de um prédio”. Como, frequentemente, determinadas circunstâncias podem levar a determinadas atitudes que a um observador imparcial parecem insanas. E muitas vezes são. Quem é o criminoso? O quê nos separa daquele que assassina o próprio filho? O que motiva tal ato? Existe redenção? E se existe... Como alcançá-la?

02 de novembro – segunda-feira – 21h45
Cabaré  dos Ruim - Direção: Márcio Libar. Elenco: Adriano Pellegrini, Ana Carolina Sauwen, Ana Luiza França, Breno Sanches, Fabrício Dorneles, Fernanda Guimarães, Filipe Codeço, Jean Bodin, Leonardo Miranda, Lis Schwabacher, Lu Baratz, Natalia Sambrini, Rita Fischer e Roberto Rodrigues Classificação etária: 16 anos - Partindo do princípio apregoado por Márcio Libar em que o palhaço é o perdedor, aliado à realidade adversa do panorama teatral carioca, onde inúmeros talentos de excelente formação acabam alijados do mercado, criou-se o Cabaré dos Ruim - uma geração de “perdedores”, apesar de muito bem preparados artisticamente. O Cabaré é a aceitação dessa realidade hostil transformada em espetáculo.

03 de novembro – terça –feira – 21h45
Dois pra lá, dois pra cáestreia no Rio. Texto e Direção: Cesar Amorim. Elenco: Rita Elmôr e Thelmo Fernandes Classificação etária: 16 anos - Uma mulher recebe um suposto “Técnico” de telefone em sua casa. Extremamente estressada, atrasada que está para um encontro com o marido, ela destrata o “Técnico”, que, sem papas na língua, revida à altura. A partir daí, uma relação inusitada começa a se desenhar.

04 de novembro – quarta –feira – 21h45
As noivas de Nelson - Texto: Nelson Rodrigues. Direção: Marco Antônio Braz. Elenco: Aline Volpi, Ana Paula Castro, Anamaria Barreto, Basilides Ortega, Edivaldo Zanotti, Marcelo Peroni, Marici Nicioli, Rosangela Torrezin, Vladimir Camargo, Vivi Masolli. Classificação Etária: 12 anos - Baseado em cinco contos do livro de Nelson Rodrigues A Vida Como Ela É, cujas narrativas abordam temas que envolvem o noivado, o casamento e a viuvez. As histórias mostram as fantasias e os comportamentos patéticos do ser humano, assim como os encontros e desencontros à procura do amor. Por meio da exibição de pequenas falhas que ganham dimensões trágicas, de forma humorada, o espetáculo reflete sobre a dicotomia amor versus morte, elemento fundamental da ficção e do teatro de Nelson Rodrigues. 

05 de novembro – quinta –feira – 21h45
Profetas da Chuva - Criação, atuação e adaptação de dramaturgia: Clara Colin e Paula Cavalcanti Texto: Chico Mariano e Paroara, por Karla Martins. Classificação etária: 12 anos - O sabor do interior brasileiro através de personagens reais da região nordeste. De forma poética e sutil, a peça faz o público embarcar em uma prosa sobre o mundo e suas questões mais humanas, abordando a relação muito peculiar de um grupo de sertanejos com a natureza: os Profetas da Chuva, como são conhecidos largamente no Ceará.

06 de novembro – sexta –feira – 21h45
Espia uma mulher que se mata -Dramaturgia e direção da versão original: Daniel Veronese. Direção: Marcelo Subiotto. Elenco: Roberto Bomtempo, Miriam Freeland, João Vitti, Marco Miranda, Flávia Pucci, Regina Sampaio e Symone Strobel. Classificação etária: 14 anos - Releitura contemporânea do clássico Tio Vânia, de Anton Tchecov, escrita pelo dramaturgo argentino Daniel Veronese, a peça aborda os dramas e as relações familiares de forma concisa, intimista e visceral. A montagem propõe questões de linguagem na relação entre o ator, o texto e a encenação. 

7 de novembro – Sábado 21h45
Sobre Mentiras e Segredos - Texto e direção: Ribamar Ribeiro. Elenco: Renato Neves, Juliana Santos, Fabíola Rodrigues, Carla Meirelles, Fernanda Dias, e grande elenco. Classificação etária: 16 anos. - Alice, com seus quatorze anos, vai ao ginecologista por ordem do pai, Dr. Ismael. Sabe-se, então, da verdade: Alice vai ser mãe! O caos se instaura na família. A Mãe, as irmãs, os genros e as vizinhas ficam chocados! Mas o Doutor Ismael está convicto de que um dos culpados mora em casa e deve ser um dos genros. Todos os segredos e mentiras vão surgindo a partir da gravidez de Alice. E as vizinhas? Elas sabem de tudo! A família perfeita: Será que existe? Uma comédia baseada em um estudo sobre o universo de Nelson Rodrigues.

08 de novembro – domingo – 21h45
O Túnel Estreia Nacional - Direção e Adaptação: Gustavo Paso. Elenco: Ney Motta, Rafael D’Avila, Maria Clara Wermelinger, Rodolfo Brandão e Cia.Teatro Epigenia. Texto: Dias Gomes e Par Lagervitz. Classificação etária: 12 anos - Peça de Dias Gomes encenada pela primeira vez. Já imaginou um grande túnel em pleno horário do “rush” que subitamente para!? Para tudo! O que você faria? Qual sua primeira atitude nas primeiras horas? E depois de um dia de Engarrafamento... depois de uma semana? E se este engarrafamento perdurar por longos 4 anos? Sem nada poder fazer para deslocar os carros e se livrar do engarrafamento, nasce uma nova sociedade, onde as pessoas se relacionam entre si, onde há casamentos, batizados, festas de aniversário... Mas o que poderia ser normal se transforma em uma grande surpresa final... Uma comédia absurda, sem precedentes acaba revelando muito mais do que um “simples” engarrafamento!”.

09 de novembro – segunda –feira – 21h45
Como me tornei estúpido - Estreia no Brasil . Dramaturgia: Ênio Reis. Direção: José Martins. Elenco: Gonçalo Diniz. Classificação etária: 12 anos - As várias nacionalidades da equipe do espetáculo repercutem no resultado final da montagem, onde o tema – universal - nos coloca diante do questionamento sobre como sermos sábios e ainda assim nos mantermos felizes num mundo repleto de mediocridades. A peça estreou em Portugal, e chega ao Brasil nos palcos da FITA.

10 de novembro – Quinta-feira – 21h45
Orelha e Cogumelos - Texto e Direção: Cale Miranda. Elenco: Cátia Costa, André Camões e Maria Eliza Moreira. Classificação etária: 12 anos - Você cortaria a sua orelha por amor? Você comeria, cozida no feijão, a orelha de sua amada? A peça Orelha e Cogumelos é inspirada na mitologia Iorubana, e conta como Obá, influenciada por Oxum, cortou uma de suas orelhas e a cozinhou no feijão para que Xangô a escolhesse como preferida. Peça vencedora do Prêmio Funarte de teatro Myriam Muniz.

11 de novembro – sexta-feira – 21h45
Navalha na Carne - Texto: Plínio Marcos. Direção: Paulo Marcos de Carvalho. Elenco: Simone Gonçalves, Fábio Branco e Fernando Viana. Classificação etária: 16 anos - Clássico de Plínio Marcos em uma montagem surpreendente. A peça se passa em um quarto de bordel, onde a prostituta Neusa Sueli, o cafetão Vado e o homossexual Veludo, empregado do estabelecimento, encarnam a existência subumana e marginalizada.

12 de novembro – quinta-feira – 21h45
O Encontro das Águas - Texto: Sérgio Roveri. Direção: Luiz Valcazaras. Elenco: Bruno Lopes e Edgard Jordão. Classificação etária: 16 anos - Espetáculo sutil e ao mesmo tempo profundo, mostra um personagem que passa a ouvir o outro, quando percebe que este sabe a hora certa de falar alguma coisa. Este encontro desencadeia um novo movimento interno, modificando a forma de pensamento sobre as dúvidas e as certezas de cada um. O encontro de dois opostos, de duas energias distintas, de duas pessoas que vivem de maneiras completamente diferentes, mas que naquele determinado momento tem algo em comum: a solidão.

13 de novembro – sexta –feira – 21h45
Náufragos - Texto: Massimo Bavastro. Tradução: Nicola Lama Direção: Alessandra Vannucci. Elenco: Marcelo Aquino e Nicola Lama Classificação etária: 16 anos - Alonso e Sancho são duas figuras anônimas perdidas nos labirintos caóticos da cidade. Dois sujeitos cômicos e trágicos que passam a vida entrando e saindo de clínicas de recuperação, e resolvem autonomear-se Dom Quixote e Sancho Pança, na aventura de desbravar a cidade do Rio de Janeiro, enfrentando assim os monstros e os medos de toda uma vida.

14 de novembro – sábado – 21h45
Paixão - Texto: Betty Milan. Direção: Wolf Maya. Elenco: Nathalia Timberg. Classificação etária: 12 anos - Trata-se de um concerto da palavra. Nada melhor para comemorar os 50 anos de carreira de uma grande atriz: Nathalia Timberg. Este interlúdio está alinhavado com fragmentos de poemas de Adélia Prado, Bocage, Drummond, Fernando Pessoa, Camões, Manuel Bandeira, Florbela Espanca e outros poetas brasileiros e portugueses, sendo um espetáculo elegante que faz a platéia rir, chorar e se emocionar. Em cena, dois músicos acompanham Nathalia, que faz as palavras fluírem à medida em que vai revelando a emoção, a dor e a alegria de quem ama intensamente.


15 de novembro – Domingo – 21h45
In On It - Texto: Daniel MacIvor. Direção: Enrique Diaz. Elenco: Emílio de Mello e Fernando Eiras. Classificação etária: 16 anos  - Um espetáculo elogiado pela critica. A peça traz ao palco dez personagens, todos vividos por Emílio de Mello e Fernando Eiras. Em cena, três momentos diferentes se entrelaçam: um homem escreve uma peça sobre alguém que sofre um acidente, dois amantes vêem seu amor terminar e, no último, dois homens contam esta história. Assim, durante o enredo, três esferas são apresentadas e fundidas: a peça, o espetáculo e o passado. O pano de fundo das cenas é formado por paredes descobertas, duas cadeiras e uma iluminação que caracteriza cada diferente realidade.

16 de novembro – Segunda-feira – 21h45
Será  que eu dou pra isso? - Texto: Flavio Guilherme Direção: Camila Rocha. Elenco: Júnior Dantas e Adren Alves. Classificação etária: 16 anos - Agenor e Janete formam um casal apaixonado como outro qualquer. Mas o momento é de crise no relacionamento e, para resolver o problema, resolvem procurar um psicólogo para salvar o casamento.

17 de novembro – Terça-feira – 21h45
Tempo.Depois - Texto: Rodrigo Nogueira. Direção: Alessandra Colasanti. Elenco: Rodrigo Nogueira e Fernanda Félix. Classificação etária: 12 anos - Um homem e uma mulher se encontram numa sala de espera de um consultório de psicanálise no dia em que ambos resolveram começar tratamento. À medida que eles conversam, começa um conflito de forças contrárias e inversões de domínio. Elogiado pela crítica, tempo.Depois mostra a (in)capacidade da linguagem de exprimir o real. A palavra cria a coisa ou mata a coisa? O que você vê e ouve é de fato o que é?

18 de novembro – Quarta-feira – 21h45
Piolho, A Caolha, A Morte E As Quatro Irmãs Que Não Deveriam Falar - Texto, concepção e direção: Ribamar Ribeiro. Elenco: Mário dos Anjos, João Novaes, Maykon Renan, Marília Nunes, Evelyn Ramos, Monique Eucário e Márcia Brasil. Classificação etária: livre - Histórias divertidas e fabulosas! A menina que cria um piolho, o segredo de uma mulher caolha, uma jovem menina que chora de saudade do irmão e quatro irmãs que quando falavam era um desastre. Baseado em contos populares, a partir da pesquisa de Câmara Cascudo, pequenas histórias que destacam a identidade brasileira em sua própria essência através de seus contos! O espetáculo será encenado pelo Grupo Cutucurim, um dos mais importantes Grupos de Teatro de Angra dos Reis, que já ganhou mais de 70 prêmios e 100 indicações em todo o Brasil.

SESSÃO MALDITA: “Estes espetáculos baseado na Marques de Sade contém cenas de sexo em todos os seus prefixos, nudez explícita, fetichismo, escatologia e linguagem chula. São expressamente proibidos para menores de 18 anos, e recomenda-se que maiores de 18 anos só comprem seu ingresso se estiverem preparados para assistir cenas de alta tensão. Aos que se aventurarem... tenham um delicioso espetáculo”.

19 de novembro – quinta-feira – 23h
Filosofia Na Alcova - Texto e Direção: Rodolfo García Vázquez. Inspirado na obra de: Marques de Sade. Elenco: Os Satyros. Classificação etária: 18 anos Um casal de libertinos tenta reeducar uma noviça, apresentando-lhe a libertinagem e tornando-a uma mulher vil e imoral. O espetáculo inicia a TRILOGIA LIBERTINA do grupo Os Satyros, inspirados pelas obras polêmicas de Marques de Sade.

20 de novembro – sexta-feira – 23h
Os 120 Dias De Sodoma - Texto e Direção: Rodolfo García Vázquez. Inspirado na obra de: Marques de Sade. Elenco: Os Satyros. Classificação etária: 18 anos  - Segunda parte da TRILOGIA LIBERTINA dos Satyros, o espetáculo é inspirado num dos mais polêmicos textos de Sade, onde libertinos raptam virgens de ambos os sexos para saciarem seus desejos e perversões.

21 de novembro – sábado – 23h
Justine - Texto e Direção: Rodolfo García Vázquez. Inspirado na obra de: Marques de Sade. Elenco: Os Satyros. Classificação etária: 18 anos - Última parte da trilogia dos Satyros para os textos de Marquês de Sade, a peça conta a história da pura, religiosa e inocente personagem Justine, que acaba se envolvendo em experiências de crime, tortura e depravações que testarão seus valores morais e de conduta, enquanto sua irmã, a bela e libertina Juliette, realiza uma trajetória cheia de sucessos e prazeres. O espetáculo foi indicado ao Premio Shell 2009.

21 de novembro – sábado – 21h45
O Dia dos Loucos Um espetáculo de Marcos Americano.- Classificação etária: 12 anos.  -Uma peça que promete fazer o público se divertir e refletir sobre a sociedade. Batizada por seu idealizador de "performance-solo-manifesto", a peça é fruto de uma pesquisa de mais de cinco anos, em cerca de cem livros, peças, jornais e revistas. Com seu quinhão de boa vontade e solidariedade para construir um mundo mais fraterno, com mais compaixão e mais feliz. Voltado para o público adolescente, jovem e adulto, o espetáculo aborda temas ligados ao racismo, diversidade, consumismo e alienação.


22 de novembro – domingo – 21h45
Madre Coraje - Texto: Bertold Brecht. Adaptação e Direção: Ricardo Muñoz  Elenco: Mérida Urquia. Classificação etária: 12 anos. - Após se apresentar com impressionante sucesso em diversos países da América Latina (Equador, Peru, Chile, Argentina, Venezuela, Colômbia e México), finalmente o espetáculo Madre Coraje chega a Angra. Em 1624, durante a Guerra dos Trinta Anos, a comerciante Anna Fierling, mais conhecida como “Mãe Coragem”, atravessa o campo de batalhas com seus filhos e sua carroça de mercadorias. Mas como viver dentro desta máquina destruidora e evitar que ela te destrua?

Programação FITINHA (Palco TRANSPETRO)
01 de novembro – domingo – 15h
O Aniversário do Chaves -Texto e Direção: Cristiane Ferreira. Elenco: Alden Sander, Lucia Rothier e Ubiratan Silva. Classificação etária: livre - Kiko e Chiquinha fingem que esquecem o aniversário de Chaves, mas preparam para ele – com a ajuda das crianças da platéia – uma linda festa surpresa, com direito a bolo e muita música. Um espetáculo que brinda à amizade e o companheirismo de todas as crianças.

02 de novembro – Segunda-feira – 15h
A incrível viagem da família aço - Texto: Lú Gatelli. Direção: Leo Gama. Elenco: Cia. Entreato Classificação Etária: Livre - A peça destaca personagens, lendas e crendices do povo brasileiro. Trata-se da história de um menino, Júnior Aço, que pede de aniversário um reencontro com sua mãe, que morreu. O pai Aço lhe informa que ela mora num lugar muito bonito. Ele, então, decide procurá-la pelo país afora, realizando uma viagem pelo folclore brasileiro. O cenário é uma carroça que, além de servir como veículo de locomoção dos palhaços, acomoda figurinos, adereços e instrumentos musicais.

4 de novembro – quarta –feira – 15h
Eu também quero brincar  - Concepção e Atuação: Alexandre Moraes. Direção: Adren Alves. - Classificação Etária: Livre  - A direção é simples, pois tudo se passa num cenário lúdico que lembra um circo.   Nele está sua figura mais representativa: o palhaço.  Com a sua graça e simplicidade, o performático e engraçado Palhaço Cebola conquista as crianças com suas estripulias.

5 de novembro – quinta-feira – 15h
O Armário Mágico - Dramaturgia: Paula Chagas Autran. Direção: Roberto Morettho. Elenco: Alessandro Hernandez e Léia Rapozo. Classificação Etária: livre  - Após perder os cabelos em decorrência de um tratamento médico, a pequena Malu fica envergonhada e se recusa a sair de casa. Ao mesmo tempo, Tim, filho de artistas famosos, também se tranca em seu quarto: além de não conhecer ninguém na cidade, fala de um jeito engraçado e confunde as palavras. Um dia, Malu ouve um barulho estranho em seu armário. Ao encostar sua orelha nele para ouvir melhor, é transportada magicamente para o guarda-roupas de Tim. Depois de idas e vindas por meio dessa ligação misteriosa, os vizinhos aprendem a aceitar suas diferenças e suas personalidades.

6 de novembro – sexta-feira – 15h
Andersen Lobato e o Ônibus de Cera  - Texto e direção: Francis Ivanovich. Elenco: Filippe Neri, John Gonçalves, Rodrigo Brand e Vivi Câmara. Classificação etária: livre - A história reúne ensinamentos sobre ecologia e sociedade, homenageando grandes nomes da literatura infantil. Andersen Lobato, uma mistura de Christian Andersen e Monteiro Lobato, gosta muito de ler e escrever, sempre aprendendo muito sobre diversos povos. Com muita criatividade, ele acaba imaginando um ônibus de cera, que derrete e vai parar em uma floresta de sentimentos, onde ele conhece personagens como o Saci, o Cavalo Alado, o Tucano Ecologista e o Jacaré do Limite.

7 de novembro – sábado – 15h
A Lenda do Príncipe que tinha Rosto - Dramaturgia: Gustavo Bicalho. Direção: Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves.  Elenco: André Pimentel, Bruno Oliveira, Débora Salem, Virgínia Martins. Classificação etária: livre  - Um príncipe de um reino diferente nasce com rosto, onde ninguém tinha. Preocupados, o rei e a rainha o mantém preso em uma torre durante 15 anos, mas o desejo de liberdade faz com que o príncipe se liberte e faça grandes descobertas longe do palácio. Nos palcos, bonecos e atores mascarados interpretam no espetáculo com visual gótico inspirado nos filmes de Tim Burton.


11 de novembro – quarta-feira – 15h

Esse mundo é uma bola, ora bolas! - Texto e Direção: Paulo Marcos de Carvalho e Iara Rocha. Elenco: Iara Rocha e Paulo Marcos de Carvalho. Classificação etária: livre.- O texto conta a história de duas crianças vizinhas, o menino Pelotão e a menina Brigada. Ele é filho de um velho general e ela é filha de uma velha brigadeira. No decorrer da trama, as brincadeiras vão desnudando os absurdos da guerra, até quando os personagens concluem que o melhor é viver como bons amigos. Junto com o espetáculo, o grupo lança o movimento "Um sorriso pela paz", em que distribui narizes de palhaço para a plateia.

Fitinha Bonecos:
12 de novembro – quinta-feira – 11h, 14h e 15h30
Sacy Pererê – A Lenda da Meia-Noite - CIA TEATRO LUMBRA DE ANIMAÇÃO (PORTO ALEGRE) - Classificação etária: livre - Os sombristas Alexandre Fávero e Flávio Silveira contam a história de um viajante que é  assombrado pelo Sacy e perde todas as suas coisas. Para continuar a sua viagem ele terá que provar sua coragem caçando o diabinho perneta. É uma aventura de ação e suspense, com efeitos visuais de iluminação, pesquisados durante dois anos. Os equipamentos, especialmente projetados, criam a fusão do teatro de sombras com o sobrenatural e a dinâmica cinematográfica.

13 de novembro – sexta-feira – 11h, 14h e 15h30
Inventos Alegres do Vovê - CIA JORGE CRESPO (RIO DE JANEIRO) - Classificação etária: livre - Vovô resolveu voltar a ser criança para sempre, viver só de brincadeiras, doces e festas. Algo dará errado com o ajuste do relógio transmuta-dor fibro ótico celular, provocando grande confusão e uma boa reflexão sobre este dia.

14 de novembro – sábado – 11h, 14h e 15h30
Encantadores de Histórias - CIA CAIXA DO ELEFANTE (PORTO ALEGRE) - Classificação etária: livre - Com muita música ao vivo executada em rabecas e gaitas de oito baixos, o grupo de contadores - cantadores de histórias recriam os ambientes e personagens dos contos de Hans Christian Andersen, aproximando-as da identidade brasileira, se aproximando ao contador popular, ao cordelista e ao trovador.

15 de novembro – domingo – 11h, 14h e 15h30
Homem Voa - CIA CATIBRUM (BELO HORIZONTE)  - Classificação etária: livre - O espetáculo conta de maneira poética a vida de Santos Dumont e seu empenho em desafiar o mais pesado que o ar e conquistar a tão desejada dirigibilidade aérea. Para ilustrar essa história, o espetáculo conta com maquetes dos dirigíveis, do 14 Bis, Demoisele, Balão Brasil, etc, com bonecos de manipulação direta, teatro de sombras e projeções.

16 de novembro – segunda-feira – 11h, 14h e 15h30
Minha Favela Querida - GRUPO SORRISO FELIZ (CABO FRIO) - Classificação etária: livre - Cenas do cotidiano de uma favela carioca são apresentadas em quadros diversificados revelando a paixão e o orgulho dos seus moradores, apesar dos problemas. As músicas compostas para o espetáculo contam a história dessas pessoas, seus conflitos e ilusões. Atritos religiosos, malandragem, polícia, futebol, sonho de criança e muito samba!

17 de novembro – terça-feira – 11h, 14h e 15h30
Pinóquio, etc e tal - TEATRO POR UM TRIZ (SÃO PAULO)  - Classificação etária: livre - Quatro marceneiros trabalham em sua oficina quando recebem uma encomenda inusitada: construir um boneco de madeira. Lembram então de Pinóquio, o boneco construído por Gepeto e resolvem contar sua história com materiais existentes na marcenaria (pedaços de madeira e ferramentas).

18 de novembro – quarta-feira – 11h, 14h e 15h30
Cidade Azul - CIA. TRUKS (SÃO PAULO)  - Classificação etária: livre - Um menino de rua cheio de sonhos conhece uma garotinha e, juntos, vencem preconceitos, apesar da diferença social. Chamado carinhosamente de Neguinho, o menino sem sapatos e com roupas rasgadas vive em um cruzamento, cheio de veículos com as janelas fechadas, e barulho. Os carros, apressados, não percebem o menino, camuflado em seu mundo paralelo, o único refúgio onde ainda pode sonhar com algo melhor.

19 de novembro – quinta-feira – 11h, 14h e 15h30
O Anjo e a Princesa - GRUPO SOBREVENTO (SÃO PAULO) - Classificação etária: livre - O espetáculo conta a história de um anjo-da-guarda que, logo na sua estréia na função, é incumbido de cuidar de uma vaidosa princesa. Trabalhando com delicadeza a peça aborda assuntos próprios do universo adulto, mas que também são perceptíveis às crianças.

20 de novembro – sexta-feira – 11h, 14h e 15h30
Surpresa - CIA. MANOEL KOBACHUK (CURITIBA) - Classificação etária: livre. - É um espetáculo onde pequenas histórias surgem de pequenas caixas. Absolutamente diferentes entre si, essas pequenas histórias encantam por sua graça e originalidade, onde imagens e sons conduzem o público a uma viagem de diversificadas paisagens. A magia do circo, o interior de um castelo assombrado, um conto tradicional, animais no quintal ou mesmo uma suave bailarina de caixinha de música, são algumas das situações que emergem das "caixas".

21 de novembro – sábado – 11h, 14h e 15h30
Os Meninos Verdes - FESTINECO (BRASILIA)  - Classificação etária: livre - O espetáculo mostra as pequenas criaturas verdes encontradas no jardim de Dona Cora, que conquistam o afeto da Poeta através de suas brincadeiras, estripulias, e do exercício da imaginação e da pureza. Meninices, brincadeiras e sonhos trazem a identificação com as crianças, e brincam com a memória dos adultos. 

22 de novembro – domingo – 11h, 14h e 15h30
O sapo que vira rei que vira sapo - BEIJA-CÉU (RIO DE JANEIRO)  - Classificação etária: livre - Uma fábula sobre o poder, onde o sapo que virou príncipe ao ganhar um beijo da princesa cria muita confusão no reino com os seus desmandos. Uma história muito divertida e bastante oportuna na época em que vivemos, onde encontramos muitos sapos como o da história no nosso caminho.

0 comentários:

Blogblogs

Redes Sociais

Pesquisar no blog

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP