Blog Widget by LinkWithin

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Fita-2009: Cerca de 100 mil pessoas compareceram em seus 24 dias

Terminou no último final de semana a Festa Internacional de Teatro de Angra 2009 (Fita). Foram 24 dias de grandes atrações com atores famososl, exibidas para um público formado por pessoas de várias partes do país.


O sábado, dia 21, foi a vez de uma das atrações mais esperadas da Fita 2009, a peça “Deznecessários”
62 peçapoio da Prefeitura de Angra dos Reis.
O empresário e curador da Fita, João Carlos Rabelo, fez uma avaliação positiva dessa edição, destacando erros e acertos e ressaltando que a cada ano vem buscando aperfeiçoar o evento.
– Eu sou muito crítico e sempre presto mais atenção nos erros do que nos acertos, mas a população gostou muito e tivemos vários espetáculos lotados. Este ano tivemos uma divulgação extraordinária. Vi pessoas de todo Brasil por aqui. Teve gente que veio especificamente para assistir as peças – disse João Carlos. – Este ano acertamos em montar os palcos juntos um do outro. Isso facilitou para o publico ir de uma peça para outra e favoreceu a venda dos ingressos. Já o ar-condicionado foi um problema e não foi o bastante para toda a estrutura, mas nós sempre aprendemos com os erros e tentamos melhorar – avaliou João Carlos. De acordo com o organizador, os transformadores não possuíam carga suficiente para um número maior de refrigeradores.
O sábado, dia 21, foi a vez de uma das atrações mais esperadas da Fita 2009, a peça “Deznecessários”, encenada pelo grupo homônimo. Campeã de bilheteria do festival, a peça ganhou uma sessão extra às 18h. Somando a sessão original e a extra, quase 3 mil pessoas riram sem parar com o grupo, formado por Paulinho Serra, Miá Mello, Maíra Charken, Marcelo Marrom e Rodrigo Capella. Os Deznecessários apresentaram várias esquetes com tipos engraçados, como o pit boy e o traficante gay, proporcionando um show divertido, irreverente e moderno, que contou com redublagens, monólogos, números musicais etc. O humor escrachado do grupo fez muito sucesso com o público.


Após as dose dupla dos Deznecessários, no palco “Sesc Rio”, foi a vez de “O Dia dos Loucos”, no palco “Transpetro”. O espetáculo, de Marcos Americano, aborda temas ligados ao racismo, diversidade, consumismo e alienação. Fechando a noite, a peça Justine, inspirada na obra do Marques de Sade. A peça, interpretada pelo grupo Os Satyros, encerrou a trilogia da Sessão Maldita e conta a história de Justine, uma religiosa que se envolve em experiências de crime, tortura e depravação e tem seus valores morais e de conduta testados. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Shell 2009.
No domingo, dia 22, último dia da Fita, o público viu de perto, e bem de perto, Priscila Fantin, Thierry Figueira e Tadeu Melo, não somente no palco, mas no meio da plateia. O Espetáculo “A Marca do Zorro”, com muita ação e lutas de espada, é encenado por todo o teatro e os atores percorrem a plateia duelando e interpretando o texto. As cadeiras foram arrumadas de modo a facilitar a movimentação dos artistas. A exibição foi a pré-estreia nacional do espetáculo. No final, todo o elenco, junto com João Carlos Rabello, fez um brinde ao sucesso da exibição e ao encerramento da Fita.
Fonte: http://www.angra.rj.gov.br

0 comentários:

Blogblogs

Redes Sociais

Pesquisar no blog

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP