Blog Widget by LinkWithin

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Cidade resiste bem às chuvas

A chuva cai forte em Angra, mas cidade resiste bem. 100 dias após a tragédia de janeiro, quando fortes chuvas fizeram 53 mortos e muitos desabrigados e desalojados, a cidade ainda sofre com as consequências da tragédia de janeiro. Na terça-feira, 6, fortes chuvas causaram  pequenos deslizamentos em encostas. Também houveram alagamentos e quedas de árvores em alguns pontos do município. No Centro da cidade foi registrado um total de 98 mm de chuva. A Gerência de Engenharia da Defesa Civil realizou em apenas um dia, 55 vistorias, com 20 interdições de residências.

Na Rodovia Saturnino Braga, uma barreira deslizou após a Serra D‘Água e outra caiu entre o 2° e o 3° túnel, nos quilômetros 17 e 12, respectivamente, deixando a pista interditada até as 10h30 de ontem, quarta-feira. Na antiga Rio-Santos, também esteve interditada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por causa de deslizamentos de terra e blocos de pedra nos quilômetros 450 e 452, na altura de Garatucaia e Conceição de Jacareí. Na manhã desta quinta-feira, 8, aconteceram novos deslizamentos nos quilômetros 455 e 456. O trânsito está em meia pista e os motoristas devem redobrar a atenção ao passar pelo local.  Próximo ao trevo de entrada da cidade também existem dois pontos em meia pista. A RJ155 e a Rio Santos estão liberadas com pontos em meia pista. Recomenda-se cautela pois há riscos de novos desabamentos em ambas as vias.

Por conta de alagamentos, 8 pessoas ficaram desabrigadas ontem, em Muriqui, distrito de Mangaratiba.

No vídeo feito pelo jornalista Igor Abreu, moradores fazem balanço da tragédia em Angra:

0 comentários:

Blogblogs

Redes Sociais

Pesquisar no blog

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP