Blog Widget by LinkWithin

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Encontrados mais dois corpos na Enseada do Bananal

No início da tarde dessa terça-feira, dia 5, subiu para 52 o número de vítimas fatais em Angra dos Reis em virtude do deslizamento por causa das fortes chuvas na virada do ano. O Instituto Médico Legal (IML) de Angra dos Reis identificou os dois corpos encontrados pela Defesa Civil na tarde desta terça-feira na Enseada do Bananal. As vítimas são Emanuele Rodrigues, de 32 anos, e Fernanda Muraca, 25 anos, que estavam na casa onde um grupo de 17 pessoas da cidade paulista de Arujá passava o réveillon. Os bombeiros prosseguem as buscas por pelos menos mais dois corpos em Angra dos Reis: o de uma menina, no Morro da Carioca, e de uma mulher, na Ilha Grande.

120 casas serão demolidas

Começam as demolições no Morro da Carioca. A previsão é de que possam ser derrubadas até 120 casas.
O trabalho dos bombeiros e da Defesa Civil  começou por volta das 7h30. Duas escavadeiras trabalharam no local: uma na demolição e a outra a remoção dos escombros. Durante a manhã, parte do barro removido pelo trabalho da escavadeira foi descendo aos poucos do morro e tomando parte da rua localizada logo abaixo da área atingida. Por causa disso os bombeiros interditaram mais alguns pequenos trechos da rua. O ocorrido está dentro da normalidade, já que, por se tratar de um morro, o material removido vai descendo até ser acondicionado.

Aluguel Social
A Prefeitura de Angra, através da Secretaria de Ação Social, criou nessa terça-feira, 5,  o benefício social “Recomeçar”,  que visa dar recurso monetário às famílias assoladas pelos deslizamentos ocorridos no município em 1º de janeiro. O benefício,  será concedido às famílias que estão sendo cadastradas pela secretaria e apresentarem o termo de interdição e, também, o documento “nada a opor”, assegurando que o beneficiário não irá residir em área que ofereça risco geológico e geotécnico, ambos emitidos pela Defesa Civil Municipal.

O valor do benefício será de um salário mínimo nacional vigente por mês,  e será concedido apenas um por unidade residencial interditada. O tempo de duração do aluguel social será de até 180 dias. As famílias que estão nos quatro abrigos, abertos na Japuíba, Parque Mambucaba, Morro do Abel e Praia Vermelha, já estão sendo cadastradas, totalizando, neste primeiro momento, mais de 150 famílias. Até o momento, o total de desabrigados, que estão nos abrigos é de 58 e de desalojados, 107. Fonte: JB;PMAR

0 comentários:

Blogblogs

Redes Sociais

Pesquisar no blog

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP